notícias

Marcos Palmeira ataca Bolsonaro, volta para a Globo ao lado da ex-mulher Amora Mautner e confessa: ” está sendo uma reconstrução”

Marcos Palmeira ataca Bolsonaro, volta para a Globo ao lado da ex-mulher Amora Mautner e confessa: ” está sendo uma reconstrução”

14

maio

O ator Marcos Palmeira e a ex-mulher e diretora Amora Mautner, voltam a trabalhar juntos na TV Globo após 10 anos em A Dona do Pedaço. Afastado das novelas desde “Velho Chico”, em 2016, e depois de um período de engajamento político nas eleições de 2018 contra Bolsonaro, o ator vai viver um dos protagonistas da primeira fase de “A Dona do Pedaço”.  O TV FOCO prestigiou a coletiva de imprensa do lançamento na novela e trouxe notícias fresquinhas dessas volta do ator e a parceria com a ex-mulher.   Marcos Palmeira vai voltar ao horário nobre da Globo. A novela estreia nesta segunda-feira(20). Na trama, a família de Amadeu, seu personagem, é rival da família de Maria da Paz, interpretada por Juliana Paes, e os dois se apaixonam, o que gera diversos conflitos. Além disso, em “A Dona do Pedaço”, ele vai voltar a trabalhar com a ex-mulher, Amora Mautner, diretora artística da trama, após 10 anos. Os dois foram casados e se separaram em 2010.     Feliz com a sétima parceria, o ator falou para o TV FOCO sobre o atual momento entre os dois no evento de lançamento da novela no Rio de Janeiro. “Para gente está sendo uma reconstrução da relação, muito boa a experiência. A vida é movimento. Minha avó dizia para nunca assumir um compromisso com a eternidade”, brincou.   Amora dirigiu Marcos em trabalhos como Salsa e Merengue (1996/97), Andando nas Nuvens (1999), Desejos de Mulher (2002), Celebridade (2003/04), Três Irmãs (2008 ) e Cama de Gato (2009). E quem mais amou a novidade foi a filha deles, Júlia, de 11 anos. “A Juju está achando tudo o máximo, mãe diretora, pai ator. Ela tá adorando esse momento”, afirmou Amora. Marcos Palmeira ataca governo Bolsonaro, volta para a Globo, em A Dona do Pedaço ao lado da ex-mulher Amora Mautner e confessa: ” está sendo uma reconstrução” Foto: Reprodução O ator falou também sobre a situação atual da cultura, após a Agência Nacional de Cinema (Ancine) ter suspendido os repasses de novas verbas para produção de filmes e séries de TV, foi um dos temas abordados: “Acho que a cultura vai sobreviver. A gente já passou pelo governo Collor, pela extinção da Embrafilmes, quer pior? Esse momento vai fazer com que os atores reflitam diante dessa postura tão polarizada da política, e se abram para conversar sobre o que acontece agora”, explicou.   Marcos Palmeira ressaltou o cenário político atual e a guinada à direita após a última eleição: “Temos um inimigo comum. Hoje a gente sabe, antes esse inimigo era disfarçado, tudo parecia que estava sendo feito para o bem. Agora é a hora do Brasil mostrar que tem instituições fortes. É esse o valor da democracia – mais do que ideologias, devemos ter instituições fortes. Então não adianta um cara lá em cima ter uma ideia na cabeça se as instituições não permitirem”, conclui.

visitante

1 6 3 3 7 0

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar